Adeus Rio, Olá Recife: O Mais Interessante Carnaval do Brasil!! ( MTV / NY)

(Por: Marlon Bishop)


Esqueça o Rio, seus carros alegóricos enormes e penas, seus dançarinos vestidos com roupas estrategicamente extravagantes, seu Sambódromo exclusivo e seus batalhões de expansão de bateristas de samba. É um carnaval para as câmeras, para os folhetos de agências de viagens, para os turistas americanos com excesso de peso. Pergunte a qualquer um que sabe o que está acima, e eles te dirão: o verdadeiro Carnaval do Brasil é em Recife.

Recife é uma das principais cidades do nordeste tropical do Brasil, uma cidade antiga originalmente construída pelos holandeses senhores de engenho no bojo mais oriental da América do Sul, a parte que se encaixa como uma peça de quebra-cabeças no recanto da África Ocidental. Carnaval em Recife – e sua cidade irmã Olinda colonial – é um carnaval para as ruas. Não há cercas, cordas ou bilhetes caros, apenas uma massa de caos humano, milhões de pessoas curtindo loucas sob o sol. Velhos e jovens, ricos e pobres, hippie e playboy, preto e branco mistura tudo e se misturam nas ruas de paralelepípedos – beber cerveja aos litros, se divertindo com completos estranhos, e dançando até as suas Havaianas quebrarem.

Recife-Girl

Carnaval pernambucano é um misturador de gente

“Nos últimos 40 anos, o Carnaval no Rio tem sido uma janela para vender uma imagem equivocada, e até mesmo preconceituosa do Brasil no exterior. Tudo sobre a festa está configurado em torno dos interesses da televisão comercial. Enquanto isso, na Bahia, o Carnaval está cheio de separações causadas por razões econômicas e sociais “, diz Patrick Tor4, gerente de rádio e DJ que vive em Recife. “Mas o Carnaval no Recife é rico em uma magia inexplicável, só quem experimenta consegue entender os sons, as cores. É o Carnaval mais multicultural, o que melhor representa a mistura cultural do Brasil. 

Primeiro vamos desmitificar essa coisa toda de carnaval um pouco. Sim, está relacionado com a celebração católica tradicional da Quaresma nos dias que antecedem a Quarta Feira de Cinzas e blá, blá, blá. Mas, realmente, é um Halloween quatro dias sem parar no intenso calor tropical, sem o “Doces ou travessura”, além de gigantes bandas de percussão em marcha. Algumas pessoas usam os trajes de Carnaval tradicionais que envolvem pequenos guarda-chuvas coloridos, mas a maioria se veste como personagens populares da mídia, tais como Batman, Pac-Man e Capitão América, há também M & M verde e Osama Bin Laden

brasil-carnaval-olinda-recife

Bonecos Gigantes descendo as ladeiras de Olinda 

A festa começa cedo, com os primeiros blocos marchando em trupes de Carnaval, batucando nas ruas por volta das 08:00. Durante o dia, nas proximidades Olinda é o ponto mais quente – uma pitoresca cidade colonial de vielas sinuosas e casas coloridas. Fornecedores tentando vender cerveja, copos de plástico gigantes de Red Bull e uísque, e cocos geladas para hidratação. As ruas estão cheias além da capacidade, uma vez que você entrar na multidão você não tem escolha senão segui-los à medida que fluem, amassado contra um milhão de outras pessoas. Quando os blocos vêm, tocando o “frevo” em tubas e trombones ou maracatu trovejante em gigantescos tambores de madeira, é comum festeiros se jogarem na procissão quer se goste ou não.

Pequenos passos de dança em improviso em erupção onde qualquer pessoa tem um pandeiro ou um alto-falante e uma canção para cantar. Enquanto isso, crianças pequenas em telhados disparam em você com pistolas de água, estranhos sujam você na pintura, e pelo menos um indivíduo de mau gosto o ataca com um vibrador ligado a uma vara de pesca. Aqueles que não rompem com os seus outros significativos imediatamente antes do Carnaval, como é tradição brasileira, abraçam firmemente os seus namorados ou namoradas, para que não sejam levados por um homem vestido como um crocodilo. Ao virar da esquina, Barack Obama e Mulher-Maravilha amassam os lábios de maneira selvagem por trás de uma barraca de pastel.

Festival RecBeat, principal palco de novas tendências da musica pop Brasileira e Mundial

Quando a noite cai, Olinda perde os seus foliões para o centro de Recife para shows lotados à beira-mar em grandes palcos ao ar livre. A programação varia de grandes e antigos nomes brasileiros como Ney Matagrosso e Lenine (Palco do Marco Zero) a encontros inusitados, como Angelique Kidjo e o rapper paulistano Criolo. Mas nada supera a energia que envolve o público quando Nação Zumbi toca. Nação Zumbi era a antiga banda de apoio do já falecido Chico Science, uma lenda local que uniu hard rock misturado a hip-hop com maracatu tradicional e mudou o curso da música brasileira para sempre. Com clássicos da banda explodindo nos alto-falantes, o grave estende tão longe quanto o olho pode ver, dreadlocks girando no céu.

Em estágios menores que pontilham a cidade, novos artistas de ponta em desempenho tão bom gratuitamente. Da cena tecnobrega amazônica, Waldo Squash e sua Gang do Eletro realizam como adolescentes danças coreografadas em linha. O Hiphop com cúmbia dos Colômbianos do Sistema Solar abalando ao microfone, Bixiga 70 quebra tudo com um conjunto que revitaliza a brasilidade e o afro-funk no palco do Festival Rec-Beat.

Discotecando tor4

DJ Patricktor4 em ação

“As gerações jovens precisam ser educadas tanto nas tradições quanto empurradas para a frente pela vanguarda musical. Manter um relacionamento entre o tradicional e a vanguarda é o poder da música brasileira em geral “, diz DJ PatrickTor4. “E as pessoas de Recife sabem fazer isso muito bem.”

Um dia de Carnaval você sente como uma semana, a coisa toda parece uma vida. Ao final, seu corpo e mente são atingidos, dores de descanso. Mas, em tudo o hedonismo, o excesso, a celebração, há uma sensação de renascimento generalizado, um novo começo. Isto é, até a festa do próximo ano.


Conheça mais sobre o trabalho do DJ Patricktor4 siga:
@patricktor4 (Instagram e Twitter)
DJ Patricktor4

esse artigo foi escrito por Marlon Bishop no site  MTVIGGY.COM http://www.mtviggy.com/articles/goodbye-rio-hello-recife-a-taste-of-brazils-best-hidden-carnival/

14 responses to this post.

  1. Mesmo sendo do ano passado, o que ta escrito é bem atual, sempre.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

  2. Posted by Afonso on fevereiro 10, 2013 at 12:59 pm

    Recife ainda é o melhor carnaval do MUNDO. va conferir p depois comentar

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

  3. Posted by Lenira Coelho on janeiro 19, 2016 at 3:02 pm

    Falou tudo sobre nosso carnaval de Pernambuco, não precisa ter dinheiro, fantasia cara é só chegar e entrar na multidão de gente, ali, você é rico, pobre, branco, negro até quarta feira de cinzas.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

  4. Posted by Beto Leão on janeiro 19, 2016 at 3:25 pm

    É isso.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

  5. Posted by Tathiany on janeiro 19, 2016 at 5:02 pm

    Relato perfeito do melhor Carnaval do mundo!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

  6. Posted by Dinda de Olinda on janeiro 19, 2016 at 9:35 pm

    Matéria EXTRAORDINÁRIA!!!
    PERNAMBUCO tem com certeza melhor carnaval do mundo, OLINDA VC brinca durante o dia,e a noite vc vai para o RECIFE.
    Xeros para tds!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

  7. Posted by Assuriro Cabslcanti on janeiro 20, 2016 at 2:42 am

    Recife e Olinda não existe carnaval elitizado. E autentico carnaval popular. Como dizia uma marchinha dos antigos carnavais: “com dinheiro ou sem dinheiro, meu amor eu; com pandeiro ou sem pandeiro, oh meu amor eu brinco”. E o carnaval pernambucano!!!

    Curtir

    Responder

  8. Posted by Muniz on janeiro 20, 2016 at 1:09 pm

    Sou carioca, aprendi carnaval no Rio, moro em Recife agora e meu primeiro carnaval aqui foi o pior de toda minha vida! Simplesmente vc não tem noção nenhuma do que é o carnaval do Rio. Rio tem carnaval de rua sim. O samba, o sambódromo, são reais, são patrimônio, mas não representam a totalidade do carnaval carioca.
    Escravos da Mauá, Bola preta, Suvaco de cristo, Carmelitas, Banda de Ipanema, Cinelândia etc…. representam o parte fo que há de melhor no carnaval de rua do Rio.

    Curtir

    Responder

    • Posted by Venicius on janeiro 21, 2016 at 3:20 am

      Estais conversando merda… O único lugar que tem carnaval de verdade é aqui em Recife, o resto não presta.

      Curtido por 1 pessoa

      Responder

    • Posted by Neide on janeiro 22, 2016 at 1:29 pm

      Nada a ver, seu carnaval ter sido o pior da sua vida. O Carnaval de Pernambuco é cheio de cor, cultura, diversificado, e contagiante. O carnaval do Rio, é o samba de sempre, que pode acontecer em qualquer dia, feriado etc. O carnaval de Pernambuco é aquele esperado 1 ano inteiro, sonhado por todo bom folião que quer extravasar sua alegria em qualquer rua, ao som de suas canções exclusivas, que só tocam no carnaval de Pernambuco. Isso faz o nosso carnaval ser o melhor do País.

      Curtir

      Responder

  9. Eu dia apenas que há, sim, um quê de ‘travessuras’, doces e gostosíssimas🙂

    Curtir

    Responder

  10. Posted by flavia on janeiro 21, 2016 at 10:12 pm

    tenho orgulho do meu pernambuco ,do meu recife ,quem vem nao deixa de voltar é carnaval pra todos os gostos e ritmos .

    Curtir

    Responder

  11. Recife tem o melhor carnaval do mundo venham conhecer adoro muito!!?

    Curtir

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: